sexta-feira, março 11, 2011

Se pudesse



(e se fosse possível), faria uma operação para aumentar o tendão de Aquiles e ficaria com um flex de tal forma invejável que executaria grand pliés, quase sem retirar os calcanhares do chão.

Faria ainda outra às junções das pernas, às dobradiças, para que os splits saíssem sem a necessidade do vodka (e posteriormente do Voltaren Rapid) e a perna batesse ao lado da cabeça, com a naturalidade de quem corta uma fatia de pão, com manteiga por favor.

Depois, aproveitava e operava o coração, a cabeça, o pâncreas ou o maldito órgão no qual assentaste sem esperar permissão, para te tirar do peito, do pensamento, expurgar-te, mas parece-me que te encontro em muitos sítios, infiltraste-te, estendeste-te ao corpo todo, infectaste cada pedaço de carne e de osso. Clonar-me-ia antes e pediria expressamente para que o fizessem sem ti presente em mim.

Como não posso fazer nada, nada disto, continuarei a fazer pliés a custo dos músculos, ainda que saiam longe de perfeitos. Continuarei a forçar a flexibilidade perra a gotas e lágrimas de suor e dor, ainda que tal esforço não se note e fique sempre aquém do desejado.

Continuarei a ceder e a resistir, ao sabor do que os sentidos me sussurram, sabendo que poderei vir a arrepender-me por qualquer uma das opções. Mais cedendo, não é a carne que é fraca é o maldito órgão, bebendo cada momento bom. Sem perceber se vai dar certo ou asneira da grossa, como já deu (Daí pode vir tanto, bem sei.) mas sabendo de antemão que, por muito que me esforce para conhecer, sair, jantar com outros homens, por mais educados, com carisma e interessantes que sejam, só tu fazes-me rir desta forma e sentir à vontade para qualquer um dos meus disparates e comigo própria. Nem é bem isso. É mais.

Na verdade, não sei o que é.

13 comentários:

Piston disse...

Reajo com ciúme ou embaraço?

Zaahirah disse...

Eu reajo com um sorriso. Escreves tão bem! ^^

Jedi Master Atomic disse...

Eu reajo com um "Zaahirah, tira a mão da boca".

Piston disse...

Pensado melhor, respeito e admiro.

Alexandra disse...

Zaahirah,

São os teus olhos.

Jedi,

Ahahah

Piston,

Dormiste sobre o assunto?

Piston disse...

Literalmente. Achei que o mesmo merecia mais respeito.

Alexandra disse...

Quem és tu e o que fizeste ao Piston?

Piston disse...

Ouve o mar e faz pouco barulho.

Alexandra disse...

DISCLAMER

Aqui há uns dias, lembrei-me de espreitar os rascunhos. Encontrei um novo blogue.

Este texto estava arrumado ali há quase um bom par de anos. Na altura, não publiquei porque a exposição seria demasiada.

Agora, faz sentido sim, ainda, e a vergonha não é a mesma. Ou a coragem é outra...

Dei-lhe uma revisão (logo os erros são imperdoáveis), como qualquer pessoa que relê algo faz.

É dar o peito à bala, como dizia o outro.

Piston disse...

Agora é que avisas?

Alexandra disse...

Não altera nada.

cheek disse...

Foi há muito tempo...mas os sussurros continuam?

Alexandra disse...

São danados.