quarta-feira, junho 25, 2014

Eu até poderia escrever


Minhas queridas, isto aplica-se aos 20, aos 30, aos 40, bem, até aos 90 ou quem aguentar mais.

Não são coitadinhos, não são diferentes. São trastes.

Avé Pipoca, Avé a mim, Avé Luna, Avé a tanta gente que já escreveu sobre o mesmo e nós continuamos, ainda assim, a agir como debilóides emocionais.

Raça má esta da mulher, que tem de amar e proteger nos genes.

1 comentário:

Luna disse...

Éengraçado que foi na "paz" que descreve que mais me identifiquei - e no entanto, quando essa paz aparece, é tão estranha que nos perguntamos mil vezes se gostaremos mesmo a sério, de tão habituadas à constante ansiedade e insegurança anteriores. :)