quarta-feira, maio 16, 2012

Verdades irredutíveis - traços universais da condição masculina


Peçam a um homem para ler as instruções.

Pai, irmão, namorado, amigo, qualquer um, desde que seja homem.

Vá, peçam.

Seja do que for.

Da montagem de um móvel, de um telemóvel, de um carro, de uma máquina de lavar, de um aparelho com o qual nunca mexeram.

É certo e seguro que obterão como resposta, melhor ou pior humorada, um "Não preciso de ler as instruções!"

Verdade irredutível e universal do género.

Eles julgam que não só nasceram com a colectânea infinita dos manuais incorporada como se safam melhor sem ela. Ler as instruções é para meninas. Literalmente.

Depois, o resultado é um, apenas um dos que se segue (por favor, risque o que não interessa):

 1 - Demoram HORAS à volta da peça, gera discussão e no final fazem merda. (No final, já sem paciência, se há mulher por perto, é ela que salva a situação (porque leu as instruções).

2 - Fazem logo merda, há discussão na mesma e lá tem de intervir a mulher.

Pois que ainda ontem assisti:

Cena: Frigorífico novo em casa dos papás. Esteve a "repousar" e já pode ser ligado.

Pai: Com a ficha do dito nas mãos às voltas do aparelho.

Mãe: "Vais ligar isso assim?"

Pai: "O que é que tem?"

Eu: (Em surdina para a minha mãe) "Não vais pedir a um homem para ler as instruções!" (Solto um "Ah" de exclamação e gozo.)

Mãe: "Não lês as instruções primeiro? Tens de ler as instruções!" (Ingénua. Deveria saber mais, a minha querida mãe.)

Pai: "Eu preciso lá de ler as instruções para ligar um frigorífico? Era só o que mais faltava!"

Mãe: "Mas pode haver alguma especificidade, ou procedimento. Tens de ler as instruções!"

Pai: "Tenho agora! Já estás a ler as instruções! Lê tu! (Já bastante irritado.)"

Eu: Saio de mansinho e largo um vitorioso "Bem avisei."

Resultado: Meia hora de discussão na cozinha, frigorífico a não funcionar. Pai sai como sportinguista raivoso após perder um jogo, mãe trata de desligar o frigorífico e recomeçar o processo porque, afinal, havia qualquer coisa a fazer antes (que não sei, já que não li as instruções.). Liga o frigorífico. Vitória.

Instruções: (Ah!) Reproduzir cena para qualquer objecto. O resultado é o mesmo.

Sugestão: Retirar-lhes imediatamente a tarefa antes de iniciá-la ou esperar calada e de mansinho que ele termine (é permitido rir interiormente) e reparar tudo. No final, não tentar explicar como fez. Gera nova discussão.

O mesmo se aplica a pedir direcções ou usar mapas.

Homens, aqueles seres que nasceram para nos proteger, dar segurança e tratar das tarefas complicadas.

7 comentários:

Undisclosed Recipient disse...

Pois olha, aqui tem-se um pai exactamente como o teu. Só que sai da sala como um benfiquista furioso.

Por outro lado tenho um companheiro que lê o manual de uma ponta à outra antes de sequer carregar em qualquer botão. Como bom escoteiro confia no GPS mas prefere mapas.

... questiono a sua heterossexualidade...

Zaahirah disse...

Sem dúvida, são as criaturas que nos salvam de todas as tarefas complicada, sobretudo trocar lâmpadas (sem apanhar choque). xD

Jedi Master Atomic disse...

Olha que cena. Diz lá que não te dá jeito ter um homem ao pé para abrir tampas de frascos fechados a vacuo :P

S* disse...

Teimosos que nem burros. O namorado é dos que tem a mania que não é preciso pedir indicações e muito menos perde tempo a ler instruções. No fim, eu tenho sempre razão.

Mas estou com o Jedi... ninguém abre frascos melhor do que ele.

Alexandra disse...

Lagostim,

Este também é benfiquista. Acho sempre mais cómico retratar como sportinguista.

Pois, foste tu quem o disse...

Zaahirah,

Por favor, trocar lâmpadas? Sem apanhar choque? Desliga o quadro.

Jedi,

Sou eu quem abre os frascos fechados em vácuo e garanto que não tenho testosterona a mais.

S*,

Temos sempre razão.

A disse...

ahahahahah, pode até ser assim, mas para vosso azar os frascos não se abrem sozinho nem depois de lerem as instruções.

Anita Garcia disse...

E pedir direcções a alguém?? NUNCA!! E agora, na era do GPS, compram a engenhoca SÓ para dizerem que está errada e poderem contrariar a voz-feminina-robotizada-com-um-qualquer-sotaque-estranho!

Eu cá gosto sempre de concordar com tudo, mas sempre com aquela frase que eles gostam muito "eu cá acho que não é assim, mas faz lá isso... de qualquer forma tu é que sabes tudo, não é?" :D

You gotta love men ♥