segunda-feira, novembro 08, 2010

Do mau gosto

Querida(o)s fashionista(o)s,

Estou a ficar farta.

Realmente farta!

Juntos nunca. NUNCA. Como a água e o azeite, cada macaco no seu galho, o marido (não!!) usar gravata da cor do nosso vestido. Separados, vá. Daqui a uns anos seremos vistas como irreverentes, no máximo.

Peças de lã grossa, vestidos de lã grossa, sei lá mais o quê de lã grossa, de preferência justo ou largo (got it?), com ou sem formas (got it?).

Mesmo que sejas muito magra, mas mesmo muito magra, existirão um trilião de peças que ficar-te-ão melhor, não achas?

Para que não restem dúvidas e não venham a chorar pelo vosso aspecto de "abandonei a vida e o gosto de viver" ou "Olá, sou um chouriço ambulante", todas estas peças estão proibidas a meninas com mais de 50 kgs, digo 45. Todas as que não atinjam esta meta, façam favor de reler o parágrafo anterior.


Não sei por onde começar. Se pelas formas, se pelas cores, se pelo ar de que está no armário há muitas décadas a conviver com as traças.

Outro exemplo.

Quase vislumbro as traças.

Descubra a sopeira que há em si.

E o que isto faz à nossa altura?

As meias... As meias... Até eu já me senti tentada em envergar o modelito mas recordo-me sempre da máxima "vais gostar de recordar essas fotos daqui a dez anos?". Não, pois não? Sossegadita!

Se ainda assim, não se convenceram, quatro palavras: camones/bifes, sandálias, meias, Algarve.

Vejam o próximo exemplo.

Formas, cores materiais. Estão a perceber, queriducha(o)s?

O camel.

O camel, ai o camel, essa cor que fica tão bem a qualquer um no Inverno.

Fica sim, se acabaram de chegar de quinze dias de férias do Brasil.

Caso contrário e a não ser que gostem do look esverdeado/doente, sigam ali para o azul escuro, que é a melhor cor da tendência deste ano.

Por último,



Adoro! Sempre achei um piadão mas só, MAS SÓ, se tiverem caniços como eu ao invés de pernas. Pronto, vá lá, umas pernitas com alguma carne que usem das com salto. As gordinhas ou de pernas com estrutura larga que me desculpem. É um favor que vos faço. Há coisas que só as magras escapam para não entrar na vulgaridade. É a lei da vida.

Resumindo e concluindo.

É tããão simples.

Ok, são as tendências mas pensem bem no que usam e o quanto vos fará chorar daqui a uns anos, quando pegarem em fotos vossas desta altura.

Fará chorar: Não uso.
Não fará chorar: Os meus filhos e netos serão tão orgulhosos de mim e do meu gosto e estilo intemporal.


Compreendido?

Make me proud!

*Zara, nada contra ti mas continuo triste, triste que só eu sei.

20 comentários:

Alexandra disse...

Isto ainda é apenas o começo.

Madame Pirulitos disse...

Ahahahahaha.
Descobri o teu blog há pouco tempo e já me ri imenso com ele.
No bom sentido, claro, que eu não sou das que gostam de rir com as desgraças alheias. Rio-me porque tem piada, rio-me porque me faz pensar. Rio-me porque és nova e tudo o que dizes te fica bem.

Em relação a este post... obrigada, thank you, merci.
A ver se isto entre de vez na cabeça das mulheres (ou dos homens que compram para as mulheres ou dos homens que comprarm para eles próprios...)

Zaahirah disse...

LOOOOL

Credo, Maria Alexandra! Isto foi um choque de modelitos feios que eu ia tendo um fanico!

Olha, hoje estou com umas botas pretas que me dão um pouco abaixo do joelho, collants pretas um pouco opacas, vestido de lã vermelho sem mangas que me dá pelo meio das coxas (eu sei que disseste não às lãs, mas...) e uma camisola preta fininha de gola alta. Pareço-te aceitável? :0)

RITITI disse...

nao posso concordar mais,,,,,,e por isso este inverno a minha carteira agradece,,,,,!!!!!

N disse...

Obrigada pelo resumo.

Rosa Meditativa disse...

Tens toda a razão! Então as unhas lol, eu que o diga :)

Miss B-Beautiful disse...

Directo ao ponto! Subscrevo!

Se bem que algumas das calças davam um bom pijaminha...

tiagugrilu disse...

"Olá, sou um chouriço ambulante"

Muito bom!

Natália Augusto disse...

Olá,

Tem toda a razão. Já fui magra, magrérrima e vestia o que me fazia sentir bonita e desejada.
Agora... agora o tempo passou, a doença veio e fez-me engordar ( pesava 45 Kg e agora 65) e a herança genética também fez das suas. Agora tenho «boa perna» como ainda diz o povo. Rs! Deixei de gostar de ir às compras, não gosto deme ver ao espelho!

Interessante??? Só o seu blogue

BUBBLES disse...

LOLOL! Concordo! As malhas e as roupas à vóvó são ridículas! Mas tudo o que é fashionista adora e recomenda. Só dá para rir.

Anónimo disse...

fogo, não é justo, eu gosto e fica-me bem, é uma questão de ter estilo, no meu caso retro, a moda não pode ser sempre igual, não há nada a fazer... beijos a todas.

tiagusgrilus disse...

falando em chouriço... não, não me ocorre nada.

cheek disse...

Ainda bem que tenho caniços ;)!
Fora a lã...e as ovelhas ranhosas!
Beijuuuu na/da Cheek!

cexy disse...

Parecem fotos tiradas de uma burda* da minha mãe, edição Outubro de 1985.

*revista de costura com modelos mais ou menos feios( normalmente "mais")

grassa disse...

Chouriço?

...

Ya. Doesn't ring a bell.

Amanhecer em Paris disse...

Realmente, aquelas "coisas" em lã, não têm muito jeito, não...

Quica disse...

E thanks god, não sou a única a franzir a testa quando me falam em 'beje e camel elegante'.

Sex na Cidade disse...

que desgraça lolol

Maria

Sex na Cidade disse...

lolol que imagenss credo!

lol

Cate disse...

Apoiado!