terça-feira, março 16, 2010

E se eu quisesse ser muito porca (gaja)


Confidenciar-vos-ia que, durante as arrumações, só em calçado de Verão (excluindo o de praia, , colecção de Havaianas e restante chinelada) contabilizei com mais e mais e mais de meia centena de pares.

O que vale é que não sou nada gaja (porca).

E o meu pai sequer pode sonhar com esta informação... Ouviram? Sequer sonhar!

21 comentários:

Espiral disse...

Realmente eu não sou nada consumista....

A contar com havainas (que é um parzinho) devo ter no maximo 10.

Lol

Para além de um mar de outras dúvidas (mais de nível economico, social e cultural) responde-me a esta: onde tens espaço para tanto sapato?

Alexandra disse...

Não tenho. Estive uma semana a fazer arrumações apra conseguir acomodar tudo.

Se me serva de algo ter tanta coisa? De todo. Não uso metade.

O que posso dizer é: Ter tanta coisa é burrice. Somos escravos das coisas, vivemos para elas e não o contrário.

Logicamente que fiz sacos de roupa e sapatos para dar e prometi a mim própria que a próxima coisa que adquirir implicará que deite fora ou dê outra.

E se todo este discurso parece estranho, entende-o desta forma.

Tive que desistir de um projecto e acomodá-lo em casa. Neste momento, vejo-me rodeada de coisas e mais coisas e não de possibilidades. Sendo assim, mil vezes um quarto vazio e despojado (Ainda que albergasse tanto sapato no roupeiro).

Espiral disse...

Sim percebo bem o que dizes.

Eu mesmo não tendo a mesma quantidade, acabo por só usar mais 2/3 lol...

Também ando a ver se meto coisas de parte para dar.

Quase tenho vergonha de dizer, mas especialmente casacos de inverno, tenho pelo menos 4 com um ano ou dois, em super bom estado que não uso porque passou de moda.... não gosto de ver.


Mas ao menos em contrapartida tenho roupa com 10 anos que continuo a usar porque adoro. Vá, lá se equilibra.

Beijo =)

A disse...

eu tenho apenas uma par de sapatilhas. às vezes são pretas, outras vezes castanhas, daqui a uns tempos serão rotas.

Rita C disse...

Não me queres emprestar / dar assim, uma meia duzia??? :)) O meu numero é o 37!

Beijos

Rita

Cat disse...

Sua porca! :o Não se faz!

continuando assim... disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
Ela disse...

Quanto ao comentário acima... também ando com um projecto na cabeça e sinceramente, também penso, como será se um dia tiver que pensar: "Terminou o sonho", sim, porque quando temos um projecto em mente, ele passa a ser um sonho, como qualquer coisa, apartir do momento que o conseguimos, passa a ser um sonho tornado realidade, e como será a reacção de ter o sonho em casa, mais propriamente no nosso quarto?

Complicado? Maybe... :\


Mas... se compensar, tens muito bom gosto... porque acho que já percebi qual é o blog onde se pode comprar e gostei de quase tudo, tomara eu ser um pouco mais magra e compraria uma meia-duzia tres quartos de coisas que tens! ;)

Parabéns!! O caminho? Para a frente, nunca te esqueças! :)

Quanto ao teu pai, nao te preocupes, que hoje só lhe disse que tinhas muitos sapatos, nao lhe disse que tinhas praticamente meia dezena! :P

Piston disse...

Vai uma carta a caminho.

Miss Pink disse...

Realmente, nós gajas, a maioria, sofre do extremo consumismo, principalmente sapatos. Eu ando à duas semanas a fazer um estudo, de como arrumar o armário. Isto, porque está atulhado de malas, sapatos..e a parte da roupa..ui. Acho que vou ter que pensar como tu e tentar abdicar de comprar tanta coisa e pensar no que já tenho em casa. Mas isto de ser gaja e entrar numa loja com novas colecções, "estraga" logo qualquer que seja o raciocinio de "não eu hoje não vou comprar nada, vim só ver".

Alexandra disse...

A,

Também gosto de tingir roupa e sabrinas.

Rita C,

Aqui 35, calçado brasileiro então, 34...

Cat,

:-D

Ela,

Posso dizer-te que o ano que passou foi o melhor e o mais triste da minha vida, precisamente por esses motivos. Em termos de realização, ainda não tive nada comparado. É muito complicado sim. Chamo-lhe uma pausa. Também te digo que é muito bom para crescer. Para a próxima, terei outra maturidade, outro conhecimento e isso, sim, é valiosíssimo.

Obrigada, mas quanto à magreza, isso é uma ilusão. ;-) As mulheres por cá são bem mais magras mas tão complexadas...

Beijinho

Piston,

Vai outra a caminho de vários endereços a denunciá-lo.

Miss Pink,

Um espaço vazio é tão mais relaxante...

S* disse...

És mesmo aviada. ahahah

Pinkk Candy disse...

Tantos.
Eu neste momento tenho muitos, mas muitos que já não uso, e quero dar-lhes um destino! Porque o espaço é sempre pouco, por muito que seja!

=)

xoxo

txticulos disse...

Deixo-te aqui um link com um video de dança de acho vais gostar.

http://txticulos.wordpress.com/2010/03/17/lets-dance/

Piston disse...

Vê lá se não queres dançar em pontas na parte de dentro da bagageira.

Servant of the Most High disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
Jedi Master Atomic disse...

Só esses??? Menina !!!

Buttafly...fly...fly... disse...

Tão poucos?!...

;)

Darling Girl disse...

Tantos...

MS disse...

ahah, eu também não chego a tantos, mas adoroooo sapatos ! Se o teu pai sonha, és capaz de ser deserdada, o meu também não entende estas coisas do consumismo xD

Alexandra disse...

S*,

Um pouco, sim.

Pinkk Candy,

Ou reciclar.

txticulos,

Obrigada, já conhecia. ;-)

Piston,

Menos. Porta-te bem.

Jedi,

Mas nos bolos é outra coisa.

Buttafly...fly...fly... e Darling Girl,

É uma vergonha, bem sei. Este verão só me autorizo a comprar um par se me livrar de algum que tenha.

MS,

O problema do meu pai nem é uma questão de autoridade mas sim uma questão social e de necessidade.