quinta-feira, fevereiro 18, 2010

Ok, não vou falar mais sobre os homens.

Vou mostrá-los.













Este último, deve ser a personagem geek da série que mexe comigo. Nem quero falar disso!

15 comentários:

Alexandra disse...

De repente, o meu blogue está muito mais agradável e nem me queixo do quão farta estou do template.

Filipa disse...

passo todos.

JorgeCP disse...

Estou como a Filipa, passo todos! Também é verdade que sou homem, e, como todo o "macho" latino, para mim a beleza só acontece/existe nas mulheres. E já agora, há um morcão (pronto, confesso, o rapaz até é charmoso...) que aparece 2 vezes. Isto é obsessão pela série?

Patanisca disse...

Meu Deus... (babaaaa) O último eu punha numa caixinha de vidro e lavava para casa, com um laçarote ao pescoço...

Coisa "mai linda"!

Alexandra disse...

Filipa,

Ainda bem!

Jorge,

É porque ele é giro sério, a sorrir, pensativo... Sei lá sou fã da última dupla.

Patanisca,

O último é qualquer coisa. Não sei se é o intelecto da personagem mas apatece dizer "Anda para minha casa dizer coisas bonitas!".

grassa disse...

Pá, se vocês comiam o último, então ainda há esperança para mim, certo?

Jedi Master Atomic disse...

Really....o ultimo??? Mas....mas....mas....é o mais feio de todos !!!!!!!!!!

Alexandra disse...

Grassa,

Não me parece.

Jedi,

É a aquela coisa de nos apaixonarmos pelo intelecto, neste caso, pelo intelecto da personagem.

Muito sexy.

(Pelo intelecto não qeur dizer que vás ler livros marados para o Atrium.)

Jedi Master Atomic disse...

O livro não é marado, talvez o autor :P

E toma lá mais cafeína.

Helena disse...

Qual é a série em que ele aparece?

Alexandra disse...

Criminal Minds/Mentes Criminosas.

Vejo ao final da noite na SIC.

innocent bystander disse...

o último é um espectáculo. Ainda por cima, na vida real, parece que é o oposto: manequim, moda, artista, essas coisas

ffiffas disse...

Dr. Reid Rules... é o máximo. Aquela personagem é demais!

Nancy Wilde disse...

o geek é o melhor que aí está. o fulano do Mentalista só apetece esbofeteá-lo!

Anónimo disse...

Matthew Gray Gubler também mexe comigo, e se mexe.