domingo, janeiro 03, 2010

Porque desisti da hibernação


Factos:

Os meus amigos descobriram que, apesar do meu sono leve, se me ligarem à noite, tenho uma conversa absolutamente normal e coerente a dormir.

Descobriram ainda que é um momento de profunda sinceridade, em que respondo a tudo, culminado pela fantástica ausência de memória quanto ao ocorrido no dia seguinte. Nem que ligaram, nem o que se falou, nada.

Desde então, a partir das duas, três da manhã, o meu telefone tem parecido uma central telefónica, the bastards!

Entretanto, já se desfizeram um casamento, dois namoros, dois amigos não se falam e os restantes estão realmente preocupados com a minha vida amorosa e com o tamanho do meu rabo.

Os meus amigos, digo, esses trogoloditas marrecos e gelatinosos sem coluna vertebral descobriram esta minha peculiar condição há três semanas e qualquer coisa.

Da minha parte, apesar da consciência desta minha forma de sonambulismo, tomei conhecimento de todo este enredo há hora e meia, na altura em que uma amiga saiu a chorar aqui de casa, alegadamente por ter revelado ao telefone coisas que não deveria.

Considerando tudo isto e que:

Estou profundamente chocada e aterrada com a possibilidade de voltar a adormecer.

Sou o verdadeiro caso de "Sou um túmulo. vs Perigo se cair nas mãos erradas".

Não quero matar(desligar) o mensageiro(telefone), tenho sempre o hábito de o ter ligado para alguma eventualidade.

Desejo profundamente que não me voltem a violar desta (ou de outra) forma.

Tenho receio que o meu sonambulismo evolua para outra espécie e me encontrem num beco qualquer a fazer chaines enquanto repito "Leite condensado, I'll be back.".

Quid Iuris?

7 comentários:

Carlota disse...

Sou novata por estes lados e já adoro o teu blogger. Os teus posts são um máximo!

E reparei que és bailarina (?)

Eu também pratico ballet clássico em Setúbal.

Ps: Sou também uma fã de leite condensado. ;)

Zaahirah disse...

Tens amigos que se preocupam com o tamanho do teu rabo??? Credo!! Graças a deus que a única que se preocupa com o meu sou eu mesma!!

(E pôr o telefone no silêncio, não??)

Verificação de palavras: borro

Piston disse...

És tão mentirosa!

volteface.book disse...

Dá-me aí o tel, sff!

grassa disse...

Quid Iuris?

Pode ser.
Morno, para mim.

tiagugrilu disse...

Para mim era um abatanado, fáxavor.

Alexandra disse...

Carlota,

Obrigada. Sou bailarina nas horas vagas da minha vida real.


Zaahirah,

Gostam de partilhar as minhas preocupações, pelo que percebi.

Se o puser no silêncio perde o propósito de o ter ligado. Para as eventualidades.

Piston,

Juro que não.

volteface.book,

Não.

Grassa,

E qual é a diferença entre ti e uma vaca, hein?

Tiagugrilu,

Aqui só há leite condensado.