domingo, abril 12, 2009

Túneis



Minha querida,

Alturas surgirão em que escutarás estas palavras e já não te apetecerá chorar.

Perceberás que, de todas as identificações possíveis que poderás ter com esta música, a mais visível e importante será o renascimento deste sentimento de força, de poder, de auto-afirmação.

A tomada de posse de nós mesmos.

Que será mais que um reencontro, que uma redescoberta de ti própria.

Será antes uma reconciliação libertadora com quem és e com o que te define como ser humano singular e dotado de infindáveis características únicas e maravilhosas que deverão ser partilhadas.

Tudo o resto será insignificante e longínquo. Prometo, insignificante.

Por essa altura, quando passarem esta canção, sentirás a tua própria força pulsar. Inspirarás liberdade. Desejarás sorrir.

Saberás que estarás pronta para uma nova volta.

Digo-te isto, minha querida, porque já só sei sorrir com esta música.

E estou à porta da barraquinha das fichas.

Um beijinho.

5 comentários:

Lilis disse...

sinto muito essa musica, tal como senti este texto. estou a espera que o sentimento de força e poder volte. mais cedo ou mais tarde, voltarei a senti-lo, tal como a pessoa para quem a tua mensagem se dirige, espero :) um beijinho*

pensamentosametro disse...

Acho que sim, que está na nossa mão, apenas, derrubar o sofrimento, expulsar as nuvens negras e voltar a sorrir uma e outra vez.


Bjo


Tita

Alexandra disse...

Lilis,

Voltarás, sim!

Beijinho

Tita,

É tudo uma questão de tempo, de cura e, depois disso tudo, vontade.

Beijinho

Anónimo disse...

Linda!

Alexandra disse...

:-)