quinta-feira, março 12, 2009

Daqui a pouco, prescindirei da aula de salsa e regressarei às minhas lides de corredora, no estádio estudantil, a tempo de ainda comparecer à aula de contemporâneo.

Neste momento, encontro-me a tentar remover os milhentos salpicos de tinta seca e dura, instalados nos meus ténis preferidos. Salpicos que, nada mais nada menos, são verdadeiros troféus da minha breve passagem como trolha (parafraseando o Mozka) no meu projecto, aqui há uns meses atrás.

Portanto, independentemente da colecção de ténis que possuo, apesar de rotos, gastos, esburacados e com remendos, estes são os meus favoritos. Ainda que cobertos de tinta branca, tanto na parte de cima, como nas solas.

Comentário do filho de uma amiga, que observa a tarefa, fascinado:

"Titi, pisate cócó de pássaro!"

4 comentários:

Gi disse...

A criança foi branda contigo! O que ele queria dizer era: os pássaros cagaram-te em cima (dos pés)?


PS.: Não queres ir adivinhar as minhas 3 mentirinhas? Dou-te uma lata de leite condesnado se adivinhares. ;)

Equador disse...

Tem cuidado com os stalkers quando fores correr...
:P

Mozka Tché Tché disse...

Minha querida, eu sou um trolha à séria! Uso Timberland para estragar, umas calças nike e umas t-shirts bem engraçadas. trolha que é trolha, tem que saber apresentar-se. Mesmo cheio de pó, tinta, ferrugem, cola e outras matérias que eu nem sabia que existiam.
:)
Agora, macacos me mordam, que toda esta história não vai sair perfeita...

Alexandra disse...

Gi,

:-D

E a lata?

Equador,

Acho que fui mais eu a stalkear mas pronto. Estava bem frequentado. Por momentos esqueci a música nos ouvidos e ouvi a canção do cupido.

Mozka,

Isso tem nome. Beto.

Sai perfeito sim. Melhor do que mandar fazer, acredita. O cuidado, a atenção são completamente diferentes. Para além do mais, no final podes ficar orgulhoso do trolha que há em ti.