terça-feira, março 18, 2008

Ser gulosa é...

Nem com "motivações" destas largar os bolos, chocolates (que dantes não gostava e agora até do negro como), amêndoas de licor e de chocolate, doces, doces, doces... bolos, acordar com vontade de chocolate e adormecer com as pratas vazias ao lado. Já dizia Célia Cruz e "sus cantantes queridos", "Azucar!"

Perspectivo um verão envergando uma tenda ou passado junto das tribos Havaianas. Digam o que disserem, são gordinhas. E roliças. Carnes e mais carnes. Com este ar de índia e um par de cascas de côco como soutien bem que passarei despercebida. Côcos e muitas dobras. Donuts de dobras.

Os fãs que chorem.

Aloha.

7 comentários:

Red Woman disse...

Oh mulher! Come sem sentimentos de culpa.

Já desisti de andar a fazer sacrifícios por não comer aquilo que gosto.
Mas é óbvio que modero na dose.

Beijos

Piston disse...

Buaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa!

Jedi Master Atomic disse...

Ah melhéri !!! Dá-lhe com força e depois vai para o wellness bombar.

Alexandra disse...

Estrellinha,

Pois, moderação não existe no meu dicionário...

Piston,

És meu fã??? Credo!

Jedi Master,

Pois, e tempo para o Wellness? Depois não subo nas piruetas e nos grands jetés no ballet...

Jedi Master Atomic disse...

Olha-m' esta !!!
Ser gulosa é.....sonhar mais alto :P

Alexandra disse...

E o rabo vai mais alto? Not!

Piston disse...

E você dá-me outra hipótese?