sexta-feira, abril 20, 2007

Tu perguntas e eu não sei

E vocês perguntam:

- Ó Xaninha, onde é que a menina esteve das duas às três da tarde? (Com a mesma entoação da pergunta do vinte e cinco de Abril, certo?)

- A dormir descaradamente. Com um fiozinho de baba transparente e borbulhosa a sair da boca escancarada. Dói-me tudo. Dói-me o corpo todo. Desde a unhaca do dedo grande do pé às gotas de água que se evaporaram do cabelo após o banho. Andei a abusar das aulas de dança e agora só me desloco munida de andarilho ou nos braços de dois moços bem (a)parecidos.

- É o que dá... Tens a mania que fazes tanto ou mais que as miúdas de dezasseis anos (Entender este como o típico sermão, o sermão da treta, aquele que me ensurdece os ouvidos todos os dias e cai em vazio roto. Mais facilmente ligarei a favas... arghhh!)...

- Mas eu faço tanto ou mais que as miúdas de dezasseis anos!

- Glup (Grande sapo engolido em seco. Não um, mas a família inteira de batráquios, mais as espécies similares acopuladas. Perigo! Garganta engasgada com quarenta e nove sapais e meio. É muito ADSL!!!)! É verdade...

- Ahhh, pois é. Eu bem me esforço (voz de beicinho fofo, daqueles que apetece levar a passear e oferecer novelos gigantes de algodão doce)...

- "Granda" Xaninha! Descansa lá mais um bom bocado, que bem mereces. Quando acordares, faço-te umas torradas de pão de milho com goiabada. E um suminho "esperto" (sotaque brasileiro, por "favôrrr") de manga, laranja e cenoura. Pode ser? (Ok, aqui sou eu a sonhar, a delirar febrilmente com aquilo que bem que poderia substituir o habitual sermão supra citado... São dois tabefes na cara e quatro ou cinco beliscões no antebraço, por favor!).

-----
P.S. - A emergente quantidade de posts é directamente proporcional à ausência de emails, com ou sem devaneios almiscarados. Pus a migolândia a pão e àgua para as próximas semanas e agora não consigo resistir ao vício... SOCORRO, sou uma emailodependente!

10 comentários:

Anónimo disse...

Porque é que deixaste de enviar emails? Não percebi nada! Os teus emails fazem-me rir bem disposta logo de manhã!

Beijinhos,

Ana

Alexandra disse...

Mudam-se os tempos, mudam-se as vontades... já dizia o outro.

Jorge disse...

Dorme moça, dorme. Se eu pudesse não fazia outra coisa.

Alexandra disse...

E as torradas? fazes?!

Jorge disse...

Pode ser.

Alexandra disse...

Eeeeláááááá!

Maria Strüder disse...

Antes de mais és muito gira!
E dormir é talvez o meu passatempo favorito :p

Alexandra disse...

Maria,

Obrigada mas não te deixes enganar pelo photoshop!;-)

Não é o meu... se pudesse nem dormia! Claro que o corpo também pede e às vezes é tão booom!

Maria Ostra disse...

E com Nutella, pode ser? :P

Alexandra disse...

Nutella chocolate e avelã!