domingo, março 04, 2007

Dilema masculino


Estava para aqui no msn à conversa com um amigo sobre os seus últimos desaires e sou mais uma vez confrontada com o eterno dilema masculino.

Homens. Querem mulheres esguias, magras, esbeltas, cabides, para levar às festas, mostrar aos amigos e ao mundo. No entanto, não resistem verdadeiramente a uma mulher voluptuosa, de carnes e formas bojudas para levar para a cama.

Uma para exibir mas que, por momentos, trocam pela outra para tocar. Mas só para tocar. Que isto do que se mostra é mais importante que o que se sente.

Este é o maior dilema masculino.

E depois poderíamos entrar ainda no mundo das personalidades. As mulheres enigmáticas e inteligentes são convenientes apenas para sonhar ou para viver levemente o sonho, que o que é demais embriaga (e é cansativo). Levam as mulheres bonitas, descomplicadas e com sorrisos perfeitos aos jantares com os sócios, chefe, clientes ou amigos mas, quando chegam a casa, correm ao telefone, ao computador, para uma conversa entre pares.

E assim anda a nossa sociedade. Alimentada das aparências e subnutrida de sentimentos.

E nós, mulheres, onde ficamos? Queremos fazer parte das festas sociais ou das festas na cama? Alguém que me responda!

4 comentários:

Jorge disse...

Acho que os homens procuram exactamente o mesmo que as mulheres:

Alguém que lhes dê a volta à cabeça.

Guigas disse...

Aposto que andaste a conversar com o Mr. H!

Eu cá prefiro as duas, de preferência ao mesmo tempo!

Alexandra disse...

Jorge,

Tão inocente... dá-me o teu número!!!!

Gui,

Vou tratar disso. Passo ali nas consultas de distúrbios alimentares de Santa Maria e trago uma anorética e uma obesa só para ti (como tu gostas).

H disse...

Nunca mais falo contigo!

PS - Não são só as mulheres que têm naturezas complicadas.