quarta-feira, fevereiro 21, 2007

Ela há coincidências felizes

Se há coisa que toda a gente sabe, mesmo a mais pequena alminha distraída, é que a chuva me deixa verdadeiramente desgostosa e inconsolável.

Obviamente, na sexta-feira estava de rastos. Ideia brilhante... vou ao solário! Chego a Picoas, corro para dentro do centro solar para fugir às malfadadas e irritantes gotas de àgua, entro e cumprimento a moça, com a ansiedade de sentir aquele calorzinho rejuvenescedor na pele.

Creme abundantemente espalhado, óculos de protecção colocados e deito-me relaxadamente. A música ideal, o calor e a brisa confortantes, o cheiro tropical do creme e sou transportada para a Polinésia, para as Maldivas, ou até mesmo para a Costa da Caparica, que não estou em altura de ser esquisita. Estava nas nuvens. Passei pelas brasas LITERALMENTE!

Pela pouca afluência naquela tarde e por alguma caridade, a rapariga deixa-me dormir sossegadamente e os dez minutos foram largamente estendidos. A melhor soneca do mundo, garanto-vos! Saí de lá com o maior sorriso nos lábios.

O resultado é que foi “ligeiramente” diferente do esperado, mas valeu-me ser carnaval e permitir-me no dia seguinte aparecer na aeróbica... ASSIM!

5 comentários:

Jorge disse...

"calorzinho rejuvenescedor"?
Isso é tudo menos rejuvenescedor! Se quiseres cancro eu arranjo-to com recurso a pouca radiação. É só pedir!

Alexandra disse...

Já sabia que alguém iria dizer isso!

Jorge disse...

Estavas mesmo a pedi-las! A escolha de palavras não foi por acaso....

Alexandra disse...

Caíste na minha armadilha! Ahahahahaha (Gargalhadas grotescas)!

Alexandra disse...

Pronto, confesso. A cor é da base. Nem com horas de solário ficaria assim!