quarta-feira, outubro 18, 2006

Desequilíbrios


Hoje, aconteceu-me algo que apenas veio confirmar o que todas as pessoas que me conhecem já sabem.

Este acontecimento demonstrou realmente o quanto desequilibrada sou.

Hoje ....................... caí!

Nada de grave. O motorista do autocarro arrancou a toda a velocidade sem me dar oportunidade para me agarrar convenientemente.

Mas não culpabilizem o senhor! Com certeza, estaria a pensar "esta deve gostar de exercício... deu-se ao trabalho de correr cem metros para aqui chegar... deve, deve... olha a cara dela, toda esbaforida... cá para mim anda por aí a correr como uma louca a toda a hora... ou então achou-me bom...ehehe... ganda Manel, estás aí para as curvas!"

E, no seu intímo pensamento, deve ter surgido a ideia "ai gostas? Deixa cá ver se gostas deste. Equilíbrio, trabalha os abdominais... Ganda maluca!"

Um simpático! Nem percebo porque é que as pessoas se queixam tanto dos motoristas. Sempre a pensar no nosso bem... abdominais mais firmes, pernas e biceps trabalhados...

P.S.: Este post também é uma prova cabal do supracitado.

6 comentários:

Anónimo disse...

Já tiravas a carta, não? Depois queixa-te...

alexandra disse...

Caro anónimo,

Estou a tirar. Mas não se rejubile antes de tempo. Não é a primeira vez que entro nesta cruzada, aliás... estou a retomar da pausa da última cruzada...

E, se a tirar, o meu presente para mim própria será a contratação de um motorista. Quiçá, como este. Um verdadeiro Manel mas que não me obrigará a correr a toda a hora só para não perder a "boleia".

Hugo disse...

Eu cá acho que ela tem muito mais encanto sem carta de condução.

É como olhar para uma paisagem bucólica e romântica... Alexandra entalada no metro, Alexandra a correr atrás do autocarro, Alexandra à chuva, Alexandra e a grande odisseia de 1 hora para chegar a casa... e por aí adiante!

Anónimo disse...

Nada de carta. Transportes públicos é que é!
Que saudades tenho eu de ir a dormitar de boca aberta no cacilheiro (fio de baba incluído). Quem diz cacilheiro diz metro ou comboio. Só é preciso é ter um soninho daqueles!

Anónimo disse...

Nem mais! É a isto que me refiro. http://birrasdosemails.blogspot.com/2006/10/hello.html

alexandra disse...

Ahahaah! Se reparares bem, eu estou lá atrás... fio de baba incluído!