segunda-feira, outubro 02, 2006

Batatas alucinogéneas


Se há coisa que (ainda) me passa ao lado é o chamado relógio biológico. Nada de vontade de casar, ter filhos, constituir família. Ainda penso que sou uma criança, com muitas árvores por aí para explorar e subir (isto não é uma metáfora).

No entanto, ontem, pela primeiríssima vez na vida, sonhei que estava grávida. Uma barriga não muito rija, mas já proeminente, e lá andava eu, na minha vidinha do costume, quando dei conta que estava grávida de sete meses. Assim como quem dá conta que tem uma nódoa no vestido, do tamanho de uma melancia, já depois de o engomar, vestir, logo no momento em que está a descer o elevador em direcção à rua.

Julgam que me questionei sobre o pai, como foi ou porque não dei conta deste estado há mais tempo? Não. Assim, de repente, reparei que estava grávida, encolhi os ombros (devo andar distraída) e aceitei a condição.

E lá andava eu, de um lado para o outro, a massajar carinhosamente a barriga, como qualquer grávida que se orgulha da sua condição. Com os que me rodeiam foi exactamente o mesmo. Grávida? De sete meses? Com certeza! Como foi tudo muito repentino, coitada, nem tinha muito para vestir, lá esticava a cintura das calças de algodão e alargava uma blusa qualquer, na ilusão de que estaria mais do que apresentável. Muito bonita, até. Sequer me ocorria que, por ora, teria que esquecer as aulas de aeróbica, os saltos muito altos e as latas de leite condensado.

Seria, finalmente, o relógio biológico a dar um ar da sua graça?

Acordei, de repente, a sentir-me estranha, com um leve enjoo. Olho para a barriga e ela ainda está lá! Menos proeminente, mas ainda está lá!

Moral da história: É a última vez que me empanturro, à uma da madrugada, antes de me deitar! Muito menos com batatas fritas! Grávida do Sr. Matutano? Nem pensar!

Agora, esperam-me horas na passadeira para apagar a prova do delito...

8 comentários:

AnaSSantos disse...

Lindo! Adorei, especialmente porque adorava ter visto a tua cara quando acordaste! Será que a nossa muralhinha da China está a esmorecer?

Vou encomendar à Gi que trate de uns arranjinhos... ai já oiço a marcha nupcial!

alexandra disse...

Deixa-te de ideias! A culpa foi das batatas fritas!!

Anónimo disse...

Isto para mim é mais do que o 1º sinal, é o apocalipse! Será que o mundo vai terminar? Coisas menos estranhas já sucederam... agora esta sonhar que está grávida é inédito...

Vais ter uns alhinhos amorosos! Já os estou a ver... com gastrite, mania da ginástica e da dança, muito certinhos e direitinhos a trabalhar exaustivamente para comprar a fábrica de leite condensado...

Beijos

Maria, a Deusa

Rodrigo disse...

Grávida do Sr. Matutano??? lololol o que eu me ri com esta!

M. disse...

E o Sr. Matutano é giro? Apresentável? Sabe conversar e desloca-se em viatura de sonho? Conta-me tudo!

Hugo disse...

Ahahaahahah! Só tu! Só de imaginar-te grávida de do Sr. Matutano foi 1h a rir!

Anónimo disse...

Grávida do Sr Matutano é lindo!

Este post está demais! Parabéns!

Cecília Fernandes Vigário disse...

Drogaram-te as batatas! :P Ahahah o que já me ri com isto! Um beijinho e continuação de bons sonhos :P